ATENDIMENTO

Atendimento Online

LiveZilla Live Chat Software

Telefones para Contato

(35) 3473 7550

(35) 99109 9894

(35) 99109 9853

(35) 98871 2033

Envie-nos um E-mail

sanders@sandersdobrasil.com.br

Endereço da Sanders

Av. Sebastião Reginaldo da Cunha, 500 Bairro Vianna - CEP 37540-000 Santa Rita do Sapucaí - Minas Gerais

6 Dicas para suprir o aumento de pacientes no seu hospital privado

Data da publicação: 19/06/18

O avanço do número de enfermidades crônicas, a complexidade dos casos e o envelhecimento populacional estão se tornando responsáveis por aumentar a procura por serviços de saúde, tornando os hospitais lotados e causando a falta de organização.

Saiba o que fazer para que seu hospital acompanhe o crescimento da demanda destes serviços sem perder a qualidade.

 

  1. Equipamentos avançados
    Equipar os setores hospitalares com equipamentos de qualidade melhora a precisão no diagnóstico de doenças, agiliza o atendimento e gera economia à longo prazo.
  2. Gerencie o fluxo de pacientes
    Entender o fluxo de pacientes dentro do hospital é essencial para prevenir a superlotação e otimizar recursos. Esta monitoração pode ser feita através de indicadores e métodos, como por exemplo, o método IH.
  3. Trabalho em equipe
    Ter profissionais de qualidade e que façam um trabalho coletivo pode contribuir para melhorar o desempenho, reduzir o fator de risco em erros médicos e melhorar a satisfação dos pacientes, favorecendo um ambiente de trabalho harmonioso.
  4. Produtos de qualidade
    O maior erro de instituições privadas é adquirir descartáveis e medicamentos de baixa qualidade devido ao preço vantajoso. No entando esta vantagem acaba saindo cara para o próprio hospital: pacientes demandam mais tempo e necessitam de mais recursos. Use produtos de qualidade, isto trará custo-benefício e permitirá a rotatividade dos leitos.
  5. Utilize um software
    Com a demanda de pacientes, a agilidade no sistema de triagem é muito importante. Troque o sistema convencional de anotações por um sofwtare! Além de permitir rotatividade, evita o desgaste dos pacientes na fila e possibilita o controle da quantidade de leitos ocupados, evitando a superlotação.
  6. Aplique o Sistema de Cores
    As faixas de riscos beneficiam o atendimento rápido e permite aos atendentes definir com agilidade em qual situação o paciente se encontra, economizando tempo e recursos em um diagnóstico incorreto.

Atendimento Online